jump to navigation

Carros de amigos: o antes e o durante do SP2 do Amadeu 27/07/2010

Posted by Cesar in Amigos.
6 comments

Se para mim ver o estado da carcaça que se encaixará no meu carro já é um martírio, duvidando que um dia ela ficará como nova, é um alento ver as fotos de carros que já estiveram em estado ruim (concordo, não tão ruim, hehehe) mas ressurgiram das cinzas.

É o caso do carro do Amadeu, amigo aqui de São Paulo. Como já disse foi através dele que pude entrar em contato com o Humberto. E é a partir do carro dele que tiro as conclusões sobre como ficará o meu carro no final da parte de funilaria.

Sei que no meu falta muita lata (pelo menos não corroída :D). Mas o carro do Amadeu serve para mostrar que, por debaixo de algo que parece bonito, aparecem falhas importantes. Basta compararem a primeira foto das 3ª, 4ª e 5ª.

Abaixo seguem algumas fotos do carro em seu processo de restauro. Ainda não está completo, mas já mostram nitidamente como a funilaria influencia na boa reforma de um carro (e porque escolhi trocar de funileiro e pagar mais por isso).

Anúncios

Trocando de roupa 26/07/2010

Posted by Cesar in Restauração.
add a comment

Há alguns posts tinha dito que, se a roupa não serve, trocamos de roupa…

Segundo o estilista do meu carro (vulgo funileiro Humberto), para que meu carro fique pronto no prazo estipulado, teríamos que mudar a roupa denovo.

Analisando o que tinha disponível, o Humberto achou melhor se utilizar de outra carroceria que tinha para reformar o carro. A que eu tinha colocado fotos aqui está meio desalinhada.

Assim, apresento a vocês o novo modelito que o carro usará. Não vermelho, como nas fotos (apesar de o Humberto ter se apaixonado pelo laranja da miniatura e ter perguntado se não quero pintar naquele tom), mas sim no Prata que busco saber qual, afinal, é. Não se assustem com a frente canibalizada: como podem ver nas fotos, vai receber uma frente nova, criada pelas mãos do Humberto…

E vamo que vamo!

Que cor? 22/07/2010

Posted by Cesar in Restauração.
11 comments

Que ele vai ser prateado eu já sei: afinal, no documento ele é prata e eu não quero fazer nenhuma alteração substancial.

O problema é: qual o “Prata” aplicável nesse ano? O catálogo oficial de tintas para SP2 possui duas opções de tinta que podem ser similares ao Prata: Platina (da série de 1973) e Titânio (da série de 1974).

E o pior: essas cores eram padrão para mais carros, não só para o SP2. É estranho não encontrarmos mais informações a respeito.

Claro, como a tinta ainda é fabricada pela Glasurit, sob o código VW-3294, da linha Glasurit 55 (ao menos no site eles possuem ela catalogada, com a fórmula), bastaria compará-las no catálogo. Mas não possuo tal catálogo impresso.

O Luciano estava me ajudando a tentar identificar a cor. Na coleção de imagens dele ele possuia 3 carros com tonalidades diferentes. Adiciono os 2 últimos para ficarmos ainda com mais dúvida.

Vamos ver se consigo desvendar esse mistério. O melhor de tudo: independente de qual seja a tonalidade, eu gosto de todas elas.

O culpado por tudo 22/07/2010

Posted by Cesar in História.
add a comment

No primeiro post do blog disse que um dos motivos da minha fixação pelo SP2 foi ter sempre ouvido a respeito do que passou pela minha família. Mas acredito que o que aumentou ainda mais a fixação foi o fato de nunca ter visto uma foto dele

Estranhamente, para uma família que sempre registrou tudo em foto, não temos um registro sequer do SP2 que meus pais tiveram. Assim, nunca pude saber qual era a sua cor.

Passei anos achando que era bege, pra descobrir nesse ano que era marrom.

Outro dia, vasculhando por informações, acabei esbarrando em uma foto. Logo perguntei ao meu pai que confirmou: é exatamente esse.

Pronto, agora poderia dormir tranquilo…. Abaixo a foto do “sósia”.

Ultrapassando 19/07/2010

Posted by Cesar in História.
add a comment

Mais um vídeo da viagem de volta (e corrigindo, não fui até Volta Redonda buscá-lo, mas sim em Resende).

Sapatinhos novos 19/07/2010

Posted by Cesar in Peças.
1 comment so far

Uma coisa que claramente não estava correta quando comprei o carro eram seus sapatos….. quer dizer, suas rodas.

Rodas no modelo das do SP2 são muito utilizadas em Fuscas e Brasílias, e, para identificá-las, basta contar quantos furos (no design, não para prender no cubo) possuem: 6 furos são rodas de brasília, 8 furos de SP2.

Como este item não é tão raro de ser achado, dei uma busca no FórumFusca Brasil… E acabei encontrando!

Depois de conversar com o antigo dono, de verificar o que deveria ser feito nas rodas, bem como acertar o frete, lá vieram os 4 sapatinhos diretamente de Curitiba-PR.

Busca por peças: Frisos e Bancos 19/07/2010

Posted by Cesar in Peças.
add a comment

Uma coisa eu já sabia logo quando comecei a negociar o carro: teria que comprar bancos para ele, já que os que vinham não eram os originais.

Se achar bancos para carros atuais já não é tarefa fácil, achar bancos para o SP2 também me parecia não ser.

Quanto aos frisos, só fui perceber que não tinha os frisos originais quando fui ao funileiro. Ao vermos um jogo de frisos originais um amigo meu (que me acompanhava) me disse: “os seus não são iguais”. E realmente não eram.

Assim, fui atrás do jogo de frisos e dos bancos (claro, não só deles). E acabei achando um vendedor no MercadoLivre que tinha ambos.

Como dá pra reparar, eles não estavam muito bem armazenados, e vieram imundos. Mas de resto estavam muito bem cuidados. Bastou um bom banho e depois um banho de hidratante. Ficaram em excelente estado:

Quanto aos frisos, é só ter como comparar para reparar que não eram originais. Mas no final das contas acabei conseguindo o jogo completo (com a ajuda de outra vendedora do MercadoLivre que tinha os frisos faltantes do pacote) e pronto, menos algumas peças para o final.

Meus outros 4 SP2 18/07/2010

Posted by Cesar in Relacionados.
add a comment

Apesar de ter o SP2 do qual venho contando a história aqui no Blog, pensei um pouco e decidi comprar mais 4…

Mas claro, não do original. Com o lançamento das miniaturas da HotWheels de 2010 foi anunciado que o SP2 seria o representante brasileiro.

Sem ter notícias dela aqui no Brasil, tratei de caçá-la no E-Bay. E consegui! Acabei comprando 4 delas, que chegaram semana passada para mim.

Como o Luciano fez um post mais detalhado sobre elas, com fotos de comparação inclusive, não vou repetir o mesmo aqui. Basta darem uma olhada no Blog dele.

Beleza?

Nem tudo são flores 18/07/2010

Posted by Cesar in Restauração.
add a comment

Com o carro em SP, conversando com um amigo fui alertado: “Parece que fizeram no seu carro o que é muito comum de acontecer: trocaram a frente por uma de Variant ou de Brasília”.

Algumas comparações de fotos depois pude constatar que era verdade. Meu carro, de funilaria, não estava o que eu esperava…

Na semana seguinte da chegada do carro, fui conhecer meu atual funileiro. Indicado pelo amigo Amadeu, que está restaurando um SP2 Vermelho invejável, e tendo conhecido o trabalho dele no blog do Luciano, lá fui eu com o carro para Guarulhos.

Papo vai papo vem, mais defeitos encontrados, arranjamos uma solução.

Se a roupa não serve o que fazemos? Emagrecemos? Não! Trocamos de roupa:

Pronto. Em pouco tempo o Humberto iniciará seu trabalho na carroceria que será incorporada ao projeto do meu carro. Tendo visto o trabalho dele, e tendo conhecido ao vivo o carro do Amadeu, as expectativas não poderiam ser as melhores.

Aumentou o custo? Com certeza. Aumentou a qualidade final da restauração? Infinitamente!

Colocarei a evolução do trabalho do Humberto aqui no blog também!

A busca por informações 18/07/2010

Posted by Cesar in Informações úteis.
1 comment so far

No meio tempo de todo este imbroglio de conhecer o SP2 e ter um realmente, me aprofundei ainda mais nos sites que tratam do assunto, e acabei encontrando boas fontes de informação.

Sempre que descobrir novos sites, novos blogs, enfim, links, colocarei eles aqui no menu ao lado.

Mas um vale ser comentado no post. É o Blog Volkswagen SP2 Clássico, escrito pelo Luciano.

Foi através dele que encontrei muitos outros links úteis, bem como foi por ele que encontrei pessoas que, assim como eu, estão nesta epopéia de restauração de SP2.

Exemplo disso é o Amadeu, amigo de São Paulo, que possui inúmeras peças à venda, fruto de sua caçada interminável pelo SP2 perfeito.

E foi através de ambos (Luciano e Amadeu) que acabei conhecendo o meu atual funileiro. Mas isto deixarei para um outro post…