jump to navigation

Tá acabando!!!!! 28/01/2013

Posted by Cesar in Restauração.
2 comments

Sábado recebi do Carlos Alemão algumas fotos do chassi do SP2 sendo lavado para montagem, após já ter o assoalho instalado. Tudo indicava que o fim da funilaria já estava próximo!

Eis que hoje logo cedo o Humberto me manda as fotos de todo o procedimento de pintura do chassi e de montagem no carro!!!

Essa semana acaba a funilaria! Depois é elétrica, mecânica estofamento (só) e pronto!

Anúncios

Garimpando por peças: um achado! 20/01/2013

Posted by Cesar in Informações úteis, Peças.
add a comment

A Internet é grande. Isso todo mundo sabe. As fontes por peças de SP2, apesar de serem muitas, sempre se restringem ao Brasil. Isto SEMPRE foi um fato, afinal, o carro é exclusivo do Brasil e os que daqui saíram mais pedem peças do que fornecem.

Um sonho de consumo de qualquer dono de SP2 é o cinto do bagageiro, aquele que vai em cima do motor. Por ser de plástico e por ficar em um lugar um tanto como incômodo (afinal, para qualquer mexida no motor ele tinha que ser liberado), ou se tirava aquele par de cinto dalí ou ele deteriorava com o tempo.
Assim, se já é difícil achar o carro, mais difícil ainda achar o par de cintos.

IMG_0730

Por causa disso eles se tornaram a peça mais rara/cara na restauração de qualquer SP2.

Eu já tinha me conformado que não teria eles. Inclusive, acabei comprando um par de fivelas interessante em Lindóia, que iria usar em meu carro sem problemas. Mas a pulga sempre fica atrás da orelha: como é possível um cinto ser único de um carro, não ter sido feito pra mais ninguém?!

Essa pulga ficava variando de orelha para orelha, de dono de SP2 para dono de SP2. O Amadeu chegou a entrar em contato (ou tentar entrar em contato) com o fabricante.

Dallanese. Todo dono de SP2 conhece esse nome de cor. Cintos Sub-Abdominais Dallanese. Ver isto escrito em um cinto seria como achar o Santo Graal.

IMG_0727

Em minhas andanças pelo MercadoLivre, tropecei em um cinto interessante, bonitinho, mas caro. Como vi que era de excelente qualidade, fui procurá-lo no e-bay, para ver qual era o preço lá fora. O cinto em questão é esse abaixo.

CintoInteressante

Pois bem, procurando por ele tropeço em um cinto de calça mesmo, mas temático. Um cinto VW para os amantes de carros.

CintoCalça

O que estranhei nesse cinto foi o desenho. Falei pra mim mesmo: “Pera lá! O desenho dele é muito semelhante ao do SP2!” Logo veio algo na minha mente: “Ok, o cinto do SP2 era único, mas foi copiado de alguém, e eu preciso achar o cinto que de origem a este cinto de roupa!”

Comecei a caçar cinto de carros antigos (da época e anteriores) feito um maluco. Nessa busca me deparei com um cinto GM que se assemelhava àquele que segurava as calças dos fanáticos:

Deluxe70B

Já havia me contentado com o modelo dele. Ficaria bem legal no carro, se adaptado, e lembraria o original. Mas continuei buscando…

Eis que meu coração parou um momento. Não acreditei no que vi. O cinto não era parecido, semelhante, mas sim IDÊNTICO ao do SP2.

Deluxe69B

Com o nome do cinto em mãos, comecei a buscar mais informações (tamanho de fivela, tamanho da carcaça, etc). Comecei a ver que a sorte também era azar… O cinto equipou a série luxo dos carros da GM e de companhias irmãs (Cadillac, Chevelle, Pontiac, etc.) antes de 1969. Com as informações do cinto original do SP2 pude ver que o tamanho era muito parecido, o que me contentou.

Em conversa com o Fred Martos, decidimos arriscar. Comprei um lote com alguns cintos usados (bem usados, daqueles que ficam em carros abandonados no desmanche), com o intuito de ver se eram parecidos mesmo e para restaurá-los.

Quando chegaram peguei uma fivela e fui comparar com um cinto original. Como já tinha dito, não é que eram parecidos, ERAM OS MESMOS! Até a fivela de um encaixa no outro sem problemas.

DSC_0206

Queria segurar a informação até ter dois pares prontos (meu e do Fred), pois assim poderia mostrar e perguntar se eram originais ou não. Mas não aguentei.

Na confraternização de final de ano em Jundiaí levei um conjunto para mostrar para o pessoal. Só que o Arnaldo Tambellini também fez isso! Lá pudemos comparar todos os detalhes do cinto.

Mas o Arnaldo não sabia que eu estava levando o cinto para lá. Ele estava levando ele por outro motivo: o cinto que ele tinha em mãos não era VW (o símbolo era diferente ) e era 1971! Ou seja, não apenas o cinto foi inspirado lá de fora, por um cinto que vinha nos carros da GM, como também a Dallanese fez ele avulso (ou para outro carro) em 1971.

DSC_0510

É isso. É mais uma informação extremamente útil para os donos de SP2. Quando terminar de restaurar os cintos coloco uma foto final e outra de comparação.

Abaixo algumas fotos!

Comparação de Cintos

Cinto do Arnaldo

Uma voltinha 20/01/2013

Posted by Cesar in Restauração.
2 comments

Não com o SP2, mas pelo SP2. Fiz um vídeo dando uma volta pelo carro.

Quase uma miragem 19/01/2013

Posted by Cesar in Restauração.
add a comment

Em 15 de maio de 2010 fui buscar o meu tão sonhado SP2. Em 29 de maio dei início aos trabalhos de funilaria, contratando o Humberto. A data acertada para a entrega era 30 de novembro de 2010 (apesar de ser acordado verbalmente que seria entregue em outubro).

Como puderam acompanhar pelo blog, percalços, atrasos (e mais atrasos) nos trouxeram até janeiro de 2013 sem o carro pronto.

Porém, tudo chega a um fim……

Não! O meu ainda não está completamente pronto, mas a imagem (ou como o título do post, uma miragem) que pude ver hoje era esperada ansiosamente por mim há 2 anos… E mostra que o fim (funileiro) está próximo!

PINTADO

Ver o carro pintado, o assoalho separado e o chassis sendo feito é algo indescritível. Logo surgem os problemas na cabeça (e elétrica? e tapeçaria? e vidros? e montagem?)

Mas vê-lo pintado, amarelinho (Amarelo! apesar das imagens fazerem ele parecer laranja, é Amarelo Safari – melhor cor que poderia ter escolhido) é indescritível… O Humberto de fato trabalha muito bem.

Abaixo deixo para vocês as imagens que me trouxeram alegria! Logo mais coloco o vídeo com o 360° do carro.

2013! 05/01/2013

Posted by Cesar in Restauração.
add a comment

O mundo não acabou, meu carro não ficou pronto e estamos em um ano novo.

Mas, ao que tudo indica, ano novo com carro “novo”!

Parece que sai. Vamos ver. Meu carro já não está encostado na parede, é o primeiro da saída (o que indica que será, de fato, o primeiro a sair, afinal, não é fácil movimentar os carros alí dentro).

Visitei ele essa semana para ver como andam as coisas. Foi bom, assim já vi alguns alinhamentos que precisam ser feitos, bem como algumas coisas que preciso correr atrás.

Pude ver, ainda, a tampa traseira com o fundo amarelo já aplicado.

Seguem fotos do carro e da tampa. Ao fundo o próximo carro a sair, de mais um coitado, o Carlos Alemão.

Abraços!